quinta-feira, 6 de abril de 2017

É o Marketing se adaptando ao meio: Marketing 4.0, você já conhece?



Basta olharmos a nossa volta para percebermos a velocidade com que a sociedade tem evoluído nos últimos anos. A cada geração, ficam evidentes as alterações no dia-a-dia, no comportamento e nos costumes das pessoas. Você possui os mesmos hábitos dos seus avós? Quanto tempo por dia seus pais passam conectados à internet? Você tem algum amigo que não usa smartphone? E na juventude dos seus pais, eles e seus amigos usavam o aparelho?

Pois é, com o passar dos anos, a sociedade tem apresentado mudanças expressivas de hábitos, muitas das quais, geradas pela presença da tecnologia no dia-a-dia das pessoas. Neste cenário, o Marketing não poderia ficar estático. As mudanças de hábitos, de mentalidades e atitudes, imprimiram características ao novo Marketing, ou Marketing 4.0.

E você, já conhece o conceito?

Vamos lá, para falarmos sobre o Marketing 4.0, antes precisamos voltar um pouco no tempo, em 2010, Philip Kotler chamou de Marketing 3.0, a comunicação com foco forte na sustentabilidade e no ser humano, pregando consonância entre três conceitos: Identidade, integridade e imagem. Agora, na sua obra Marketing 4.0, Kotler apresenta diferenças na intensidade com que a mensagem chega ao público alvo, e seu impacto na forma como as organizações são percebidas pelas pessoas. Em resumo, o Marketing 4.0 consolida os três conceitos e se amplia, somando ao socialmente correto, a capacidade de divulgação e persuasão das mídias sociais.

As empresas que mostram para a sociedade que se preocupam com o meio em que estão inseridas e não somente com suas vendas, são melhor aceitas e por consequência apresentam melhores resultados. O Marketing 4.0, além das demandas tradicionais da área, precisa estar presente nas mídias digitais, mostrando a cara da empresa, suas ações, seus produtos e interagindo com os consumidores. O poder das opiniões online, das indicações de clientes, das sugestões e também das críticas é imenso e influencia diretamente na decisão de compra de outras pessoas. Neste contexto, o Marketing precisa se preocupar em manter a confiança e estabelecer vínculos com o consumidor, além de suas demandas tradicionais.

E sua empresa está preparada e atuante neste cenário?

Esperamos ter colaborado! Até breve! Se gostou compartilhe com sua rede!

Daniela Silocchi de Amorim
Próxima
Anterior

0 comentários :